sábado, 20 de junho de 2009


Governos da Argentina

e do Chile homenageiam

teólogo alemão.




No próximo dia 7 de agosto, o chanceler da República Argentina, Jorge Taiana, em nome do governo argentino, e o embaixador da República do Chile na Argentina, Luis Maira Aguirre, em nome de seu país, condecorarão o teólogo luterano alemão e pastor da Igreja Evangélica, Heinz Friedrich Dressel, 78 anos, por seu compromisso solidário com centenas de exilados argentinos, chilenos e de outros países do Cone Sul e por sua permanente defesa dos direitos humanos.


A homenagem será realizada no Salão Libertador do Palácio San Martín, em Buenos Aires. Dressel receberá a “Ordem de Maio” ao mérito no grau de comendador. As autoridades chilenas também entregarão a Dressel a condecoração “Bernardo O’ Higgins” em reconhecimento à solidariedade com os perseguidos do regime do general Pinochet.
Dressel demonstrou, com o trabalho humanitário desenvolvido, que era possível, com interesse e compromisso, resgatar pessoas presas sob a ditadura militar argentina, algo que muitos diplomatas, que tinham essa obrigação, não o fizeram.

Heinz Friedrich Dressel nasceu no dia 28 de setembro de 1929, em Marktredwitz, Baviera, Alemanha. Aos 23 anos, foi graduado como teólogo no Seminário Luterano de Neundettelsau. Em seguida foi viver no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, onde desenvolveu trabalho pastoral ao longo de 15 anos.

Atualmente, Heinz Dressel vive com a esposa na cidade alemã de Nüremberg. Contudo, ele pensa como latino, fala fluentemente o espanhol e o português e é um especialista em Direitos Humanos e cultura e história latino-americana, qualidades que se refletem em sua abundante produção literária produzida nos idiomas alemão e português.

Aos 78 anos de idade, Dressel pensa que quando se é jovem não se medem os perigos na vida e somente se trata de cumprir com a vocação e o compromisso da melhor maneira possível. “O que fazemos não é porque queremos, ou porque procuramos. Só atuamos de uma maneira para responder aos desafios da história mundial”, disse ao avaliar o seu trabalho de ajuda aos exilados latino-americanos que conseguiram refúgio na Alemanha graças aos seus esforços.

Dressel não esquece de reconhecer que para o cumprimento de sua missão contou na Alemanha com o valioso apoio de uma rede de dirigentes cristãos alemães e latino-americanos dispersos por toda a América do Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Familia pastoral

Familia pastoral
Pr.Fernando Dionisio,Pra.joana Dark,Ramon, Rubém,Sillas

SEJÁ BEM VINDO

Pesquisar este blog

MSN

RADIO EM ADORAÇÃO