quarta-feira, 17 de junho de 2009

A Colheita Verde

Missões Nazarenas Internacionais


Colheita Nazarena e trabalho social da igreja no mundo Equipe de campo na Índia Caleb Premanandam Caleb serve com a Harvest na Índia desde 1996. Além de muitos compromissos na área de ensino e conferências, Caleb supervisiona um grupo com mais de 20 pastores e plantadores de igrejas em Telengana, região de Andhra Pradesh, Índia.



Prakash NemadePrakash uniu-se à Harvest como membro associado da equipe em 2005. Prakash tem formação e experiência como educador, tendo trabalhado com a Faculdade Teológica do Nazareno no Sul da Ásia [South Asia Nazarene Bible College] por 15 anos. Prakash vive na cidade de Pune, na Índia Ocidental, no Estado de Maharashtra, e trabalha com a Igreja do Nazareno para equipar pastores e líderes leigos na tarefa do discipulado. Ele também ajuda a gerenciar o escritório de publicações da Harvest em Hyderabad.


CENA NAZARENA


Devido ao seu interesse Os Ministérios Nazarenos de Compaixão (MNC) informaram que em 2006, por causa da generosidade dos nazarenos: • 2.345 famílias beneficiárias no Quénia receberam mensalmente alimentos por cinco meses. • 7.600 famílias afectadas pelo vírus do HIV/SIDA estão sendo ajudadas por uma parceria entre os MNC de África e o Banco Alimentar. • 9.348 crianças estão sendo apadrinhadas através dos MNC, um aumento de 46% em relação ao ano passado. • Resposta ao desastre tem sido providenciada: ao Sul da Ásia, (terramoto no Paquistão); às Caraíbas (auxílio no furacão); África (auxílio na seca); Indonésia (terramoto); México/América Central (auxílio no furacão); América do Norte (auxílio no furacão). Estas são apenas algumas das formas como os MNC têm dado assistência a pessoas em todo o mundo. Para mais informações vá à http://www.ncm.org/. Revista dos Ministérios Nazarenos de Compaixão Igreja Coreana Patrocina Tecnologia e Treinamento Edifícios de alta tecnologia, professores dedicados, estudantes criativos e uma visão para “comunicar Cristo…por todos os meios possíveis,” são os ingredientes para um dinâmico programa de estudos de comunicação no Seminário Teológico Nazareno da Ásia-Pacífico (STNAP), em Manila, Filipinas. O STNAP desenvolveu recentemente a Escola de Comunicações Fairbank (ECF) para melhor facilitar a expansão do programa de comunicações e foi abençoado com uma oferta inicial generosa da Igreja do Nazareno de Sangamdong em Seoul, Coreia. A Igreja também prometeu apoiar mensalmente o programa. Comunicações da Missão Mundial, Ásia- Pacífico Livros para Pastores— Ferramentas para o Ministério “Pastores estão a usar materiais adquiridos recentemente como resultado da oferta Livros para Pastores. O resultado é o crescimento contínuo na região, compartilhou Salatiel Munedzimwe, Coordenador de Literatura em África. Dr. Daniel Ketchum informou que até 8 de Dezembro de 2006, $2.45 milhões de dólares foram recebidos para o projecto do 90º aniversário de MNI, Livros para Pastores – Ferramentas para o Ministério. O projecto tem como alvo providenciar literatura em 60 línguas, para 14.000 pastores e 27.442 estudantes. Missões Nazarenas Internacionais Conferência Multi-denominacional na Escócia Cinco nazarenos do centro da Escócia formaram o grupo de desenvolvimento de liderança chamado “New Heights” na tentativa de se desenvolver habilidades de liderança na geração mais nova. Cinquenta e sete pessoas inscreveram-se na primeira conferência New Heights que aconteceu em Dezembro na Igreja do Nazareno em Erskine. Os workshops tiveram como alvo a geração emergente e lidaram com a adoração, primeiros socorros psicológicos e justiça social. A II Conferência New Heights está agendada para Maio de 2007. Para mais informações veja www.newheightsministry.org. Where Worlds Meet Parceiros da Colheita do Filme JESUS (PCFJ) As equipas de ministério do PCFJ relataram 41,766.165 contactos evangelísticos * entre Janeiro de 1998 e 5 de Dezembro de 2006. Desses contactos, 7,268.320 (17.4% dos contactos) tomaram decisões para Cristo e 2,267.338 (31.2% das decisões) envolveram-se no discipulado inicial. Houve 10.385 novas igrejas tipo missão que começaram e 14,230 novos pastores estão a ser treinados. *Inclui o uso do filme JESUS e outras ferramentas. Parceiros da Colheita do Filme JESUS Publicação de Missões Nazarenas Internacionais Ann Baldwin, Redatora Janeiro/Fevereiro/ Março 2007 Nº 0068


CENA MUNDIAL


Afeganistão: Meninas Gostam da Escola A frequência escolar das meninas quase que chega aos 17.000 nas escolas patrocinadas pela Visão Mundial— quase o dobro do número registado há dois anos. A Visão Mundial providencia treinamento para professores, equipamento e alimentos para escolas nas províncias de Ghor e Badghis. Durante a era dos Taliban a educação das meninas foi banida.. Notícias da Visão Mundial–Inverno 2006 Atletas em Acção Na Nigéria rebeldes estão a queimar igrejas e a perseguir cristãos. No entanto, atletas cristãos dos Atletas em Acção (AEA) estão a proclamar o evangelho e a levar pessoas a Cristo. AEA, um ministério da Jocum, enviou uma equipa para a Nigéria para jogarem voleibol por duas semanas. Porque eram apenas três jogadores (um americano e dois canadianos), eles juntaram-se a 5 jogadores nigerianos e um treinador para formarem uma equipa completa. Depois dos jogos a equipa de AEA explicava à multidão como poderiam ter um relacionamento com Jesus. Devido ao alto conceito que os atletas têm, os nigerianos ouviam e muitos aceitaram a Cristo. Uma universidade local pediu à equipa para regressar e continuar a compartilhar com o povo nigeriano. Worldwide Challenge Magazine O Povo Tajik Os tajiks são o povo mais antigo da Ásia Central. Eles vivem nas áreas montanhosas remotas e escarpadas do Tajiquistão, Afeganistão, Uzbequistão, Irão, Paquistão e China. O Tajiquistão, terra da maioria do povo Tajik, é um dos países mais pobres do mundo. Cerca de 90 porcento dos Tajiks são muçulmanos e 10 porcento dizem-se não religiosos. Apenas é conhecida uma igreja cristã no Tajiquistão. A Bíblia está disponível em Tajik, mas as palavras são arcaicas e difíceis de entender. O filme JESUS em Tajik já foi ao ar na televisão nacional.. The Church Around the World 100.000ª Bíblia Enviada A Voz dos Mártires anunciou que apenas depois de 9 meses do seu ministério de Bíblia Solta, 0 100.000º Novo Testamento foi enviado a um homem no Egipto. Bíblia Solta permite que os cristãos do mundo livre enviem directamente Novos Testamentos das suas casas para uma pessoa de uma nação onde a distribuição de Bíblias seja ilegal ou restrita. Para mais informações visite http://www.biblesunbound.com. A Voz dos Mártires Ataques a Cristãos na Índia Extremistas hindus ameaçaram quatro mulheres cristãs acusadas de conversões forçadas em Tamil Nadu. As mulheres tinham mostrado um filme cristão a 150 pessoas sem incidentes, mas líderes locais hindus disseram que muitos tinham sido coagidos a assistirem ao filme. Dois padres de uma escola católica também foram atacados. The Church Around the World Produtos Doados Ajudam a Combater a Pobreza O departamento da Visão Mundial de ofertas específicas envia anualmente o equivalente a $278 milhões de dólares em produtos para os lugares mais pobres do mundo. Remédios, um guarda-roupa novo, uma cadeira de rodas nova – são tipos de produtos que foram doados por negócios e depois dados a pessoas necessitadas. A Visão Mundial não aceita pequenas quantidades dadas por indivíduos, mas dá oportunidade às pessoas de se envolverem no custo do envio. Existe uma equipa de 30 especialistas nos EUA para procurar e distribuir os itens. Eles trabalham de perto com o pessoal do campo nos países recipientes para que se certifiquem que os produtos irão ao encontro das suas necessidades. Notícias da Visão Mundial–Inverno 2006 Visão Global é uma publicação de Missões Nazarenas Internacionais e pode também ser encontrada em: www.nazarenemissions.org/globalglimpses
video

Igreja Perseguida




Perseguição x oração livre




IGREJA PERSEGUIDA






Uma análise da perseguição ao redor do mundo, Em pleno fim de século XX, houve verdadeiros massacres em nome da fé na Indonésia e Nigéria. Mas há muitos outros contextos em que milhares de pessoas têm seus direitos violados e são impedidas, totalmente ou em parte, de praticar sua escolha religiosa com liberdade. 50 Países com perseguição da igreja, Alguns são perseguidos, torturados e mortos. Outros vivem em constante pressão do governo, da sociedade, da família. São pessoas obrigadas a superar seus limites para continuar vivas, para trabalhar ou ter acesso à escola, para realizar seus cultos sem impedimentos, exercer sua fé sem preocupar-se com a polícia. Lugares onde a fé tem seu mais alto custo Mais de 200 milhões de cristãos enfrentam intensa perseguição neste momento. Mais de 250 milhões sofrem alguma forma de discriminação, sendo os governos comunistas e alguns regimes islâmicos os responsáveis mais destacados. O problema está espalhando-se pelo mundo rapidamente.






O aumento da perseguição é um sinal para os cristãos ficarem em alerta ao chamado de Deus para a Igreja e para cada um de nós. Estatísticas básicas sobre religião no mundo, De cada 100 pessoas...19 são muçulmanos (o islamismo é a religião que cresce mais rápido)18 não têm religião ou são ateus 17 são católicos17 são cristãos não-católicos (ortodoxos, anglicanos, protestantes, evangélicos, pentecostais)14 são hindus6 são budistas, Perseguição contra cristãos 1 em cada 3 cristãos sofre perseguição1 em cada 10 pessoas é um cristão perseguido.






A perseguição em regiões diferentes da África, Há esperança em meio a uma fome devastadora, miséria terrível, conflitos militares e perseguição na Á frica. Essa esperança surge porque talvez esteja acontecendo lá o maior crescimento do cristianismo de que se tem notícia! Portas Abertas está envolvida no treinamento de alguns dos futuros líderes cristãos da África e está dando-lhes as ferramentas que precisam para levar o seu continente a Cristo. Também queremos ter certeza de que esses novos cristãos têm as Bíblias e outras literaturas cristãs de que precisam para crescer na fé e pregar a Palavra de Deus! Ásia Mais de 55% da população do mundo vivem na Ásia. Durante anos, há perseguição e o martírio de cristãos nessa região. Apesar disso, a Ásia está passando por um incrível crescimento espiritual. Que grande testemunho do poder da Palavra de Deus! Portas Abertas provê Bíblias e literatura para a Ásia, sempre tendo como alvo as igrejas domésticas clandestinas da China. Também damos cursos de treinamento extensivo para os líderes da Igreja para equipá-los com um completo conhecimento da Palavra.






América Latina, Ao contrário do que mostram os roteiros de viagem, há mais na América Latina do que sol, areia, águas mornas e gente boa. Os cristãos de Cuba, Colômbia, México e do Peru sofrem entre revolucionários, barões da droga e extremistas religiosos. É por isso que Portas Abertas estabeleceu a Rede Ágape. São pequenas equipes que dão aulas de treinamento, realizam reuniões evangelísticas e organizam centros locais para produzir literatura cristã.






Mundo "Muçulmano" O Oriente Médio é o berço da Igreja Cristã, ainda que, em algumas regiões, a Igreja quase tenha sido eliminada sob a pressão muçulmana. A principal prioridade de Portas Abertas no Mundo Muçulmano é treinar uma nova geração de líderes cristãos para fortalecer a Igreja. Estamos também tentando garantir que todos os que queiram um exemplar da Palavra de Deus possam ter uma Bíblia.






COMO AFRICA ESTÁ . CRESCER E LUTAR PARA CRESCER.






As Assembléias de África de Alliance de Deus (AAGA) teve a intenção de batizar 10 milhões de crentes dentro de um período de 10-ano, relatórios a agência de notícias da denominação. AG os líderes africanos se cometeram para o “Década de Pentecostes” a um AAGA que se encontra em Johannesburg, África do Sul, mais cedo este mês que acontece todo quatro anos uma vez. Iniciativas encabeçando durante a Década de Pentecostes serão Atos na África, um ministério apontou a revivificação de Pentecostal encorajador nas Assembléias de Deus na África. Durante a Década de Pentecostes que começará em 2010 e continuará por 2020, Assembléias nacionais de Deus igrejas mobilizarão para missões globais com a visão de alcançar “contudo-para-ser-alcançou” peoples na África e o mundo com o Evangelho, de acordo com Notícias de AG. As estratégias de AAGA por alcançar sua meta incluem um Dia de Pentecostes anual quando serão desafiados aproximadamente 48,000 pastores de AG para orar no “batismo no Espírito Santo e a missão de Deus” e reza com crentes ser enchido do Espírito Santo. Há aproximadamente 16 milhões de sócios de AG que se encontram em mais de 50,000 igrejas em 50 países na substituto-Saara África e a Bacia de Oceano Índico, de acordo com a denominação. Em 1990, havia só 2.1 milhões de componentes e 12,000 igrejas. As Assembléias de Deus estão em algum lugar a denominação de Pentecostal maior do mundo com entre 57 a 60 milhões de partidários. Três décadas atrás, o total combinado de Pentecostals e Charismatics era menos que 5 por centavo, agora eles compõem uns 17 por centavo da população de África, ou aproximadamente 147 milhões de pessoas, de acordo com um 2006 Pew Foro estudo que realçou o crescimento dramático do movimento dentro de meio um século. A expansão dramática de " Pentecostalismo deixou quase nenhuma parte de África substituto-saariana não afetado, " declarou o Foro de Pew. " Se igrejas de Pentecostal continuarem crescendo em números e ativismo, o impacto político de longo alcance da comunidade de Pentecostal vibrante de África ficará crescentemente difícil ignorar.” O Pew Foro relatório em Pentecostalismo na África era um de três partes que também examinaram o crescimento do movimento na Ásia e América Latina. Uma pouca fé trará sua alma a céu, mas muita fé trará céu a sua alma.






REINO UNIDO






Dia de oração para Estado da Nação!






“Seu Reino vem, Seu testamento seja feito” era a oração de centenas de cristãos que juntaram em uma igreja de Londres central no sábado clamar para Deus em cima da crise moral e espiritual no REINO UNIDO. O Estado da Nação que também junta focalizou em arrependimento em cima do silêncio da igreja em face a legislação imoral ignorada as décadas, particularmente nas áreas da criança por nascer e matrimônio. Todas as denominações de corrente principal foram representadas a sábado está juntando ao Centro de Emmanuel, se aproxime as Casas de Parlamento. Também aconteceram ajuntamentos de oração em Birmingham, Manchester e Edinburgh e em países ao redor do mundo, inclusive o EUA, Alemanha e Austrália, em uma expressão de solidariedade com a reunião de Londres. O dia de oração e arrependimento era seguindo organizado uma reunião na Casa de Deuses passado de dezembro de uns 80 cristãos da igreja, as Casas de Parlamento, e o negócio e setores de educação. A reunião focalizou nas implicações morais e espirituais da crise financeira e concluiu com uma chamada para uma estação de oração e jejuando para o REINO UNIDO. David Noakes, um sócio do Estado da Nação que facilita grupo, disse o oração se encontrando era possivelmente o ajuntamento mais importante desde Segunda Guerra Mundial. “Só então era uma nação. Agora é umas pessoas de sobra. Mas não seja espantado que é uma sobra,” ele disse, enquanto apontando à batalha ganharam pelo Deus com os 300 guerreiros de Gideon. Mr Noakes repreendeu a igreja por não falando contra legislação descrente e urgiu não balançar a igreja por justeza político. “Deus não está politicamente correto mas biblically corrigem,” ele disse, enquanto somando que a igreja precisou expulsar o pecado dentro de seus próprios graus e voltar a um medo do Deus. Mr Noakes terminou com uma nota de encorajamento, enquanto dizendo que Deus não tinha se esquecido de cristãos na Inglaterra por causa da história especial do país e que o desespero tirou pela crise financeira incitaria mais pessoas para virar a Deus. “Há muitas pessoas em grande desespero porque o sistema mundial inteiro está descendo ao redor deles. Deus tirará muitas pessoas na luz de salvação daquela escuridão e eles voltarão novamente a um medo do Deus.”





DEPARTAMENTO DE MISSÕES MUNDIAL







video

Tempo de Missões



Classificação de países por perseguição

(1º semestre 2009)


PAÍSES E COMENTARIOS RELIGIOSOS


1°-Coreia do Norte


O budismo penetrou na Coréia no século IV. Nesta altura a Coréia não era um território unificado, encontrando-se dividida em três reinos rivais: o reino de Koguryo, no norte, o reino de Paekche, no sudoeste e o reino de Silla, no sudeste. Estes três reinos reconheceriam o budismo como religião oficial, tendo sido primeiro a fazê-lo Paekche (384), seguindo-se o Koguryo (392) e Silla (528). Em 668 o reino de Silla unificou a Coréia sob o seu poder e o budismo conheceu uma era de desenvolvimento. Foi neste período que viveu o monge Wonhyo Daisa (617-686), que tentou promover um budismo do qual fizessem parte elementos de todas as seitas. No século VIII foi difundido na Coréia o budismo da escola chinesa Chan, que teve desenvolvimentos próprios na Coréia com o nome de son (ou seon) e que se tornou a escola dominante. O budismo continuou a florescer durante a era Koryo (935-1392), até que a dinastia Li (1392-1910) favoreceu o confucionismo. A partir da Coréia e da China o budismo foi introduzido no Japão em meados do século VI. Em 593 o princípe Shotoku declarou-o como religião do Estado, mas o budismo foi até à Idade Média um movimento ligado à corte e a aristocracia sem larga adesão popular (os missionários coreanos tinham apresentado à corte japonesa o budismo como elemento de protecção nacional). Durante a era Nara (710-794) Héian (794-1185) desenvolveram-se várias seitas. São deste último período a escola Shingon e Tendai. Durante a era Kamakura (1185-1333) o budismo populariza-se finalmente com as escolas Terra Pura, Nitiren Daishonin e Zen.


2°-Arábia Saudita


Um movimento recente no Islão sunita é o dos wahhabitas, assim denominados por ocidentais e por pessoas de fora desta corrente ideológica. O wahhabismo é um movimento fundado por Muhammad ibn Abd al Wahhab no século XVIII, naquilo que hoje é a Arábia Saudita. Os wahhabitas consideram-se sunitas e alguns afirmam seguir a escola hanbalita. O wahhabismo tem uma grande influência no mundo islâmico pelo facto do governo saudita financiar muitas mesquitas e escolas muçulmanas existentes em outros países.


3°-Irã


O Islão é visto pelos seus aderentes como um modo de vida que inclui instruções que se relacionam com todos os aspectos da actividade humana, sejam eles políticos, sociais, financeiros, legais, militares ou interpessoais. A distinção ocidental entre o espiritual e temporal é, em teoria, alheia ao Islão.


4°-Afeganistão


Não há uma autoridade oficial que decide se uma pessoa é aceita ou excluída da comunidade de crentes. O Islão é aberto a todos, independentemente de raça, idade, género, ou crenças prévias. É suficiente acreditar na doutrina central do islamismo, acto formalizado pela recitação da chahada, o enunciado de crença do Islão, sem o qual uma pessoa não pode ser considerada um muçulmano.Embora não exista no islamismo uma estrutura clerical semelhante à existente nas denominações cristãs, existe contudo um grupo de pessoas reconhecidas pelo seu conhecimento da religião e da lei islâmica, denominadas ulemás. Os homens que se destacam pelo seu grande conhecimento da lei islâmica podem receber o título de mufti, sendo responsáveis pela emissão de pareceres sobre determinada questão da lei islâmica; em teoria estes pareceres (fatwas) só devem ser seguidos pela pessoa que os solicitou.


5°-Somália



O Islão é visto pelos seus aderentes como um modo de vida que inclui instruções que se relacionam com todos os aspectos da actividade humana, sejam eles políticos, sociais, financeiros, legais, militares ou interpessoais. A distinção ocidental entre o espiritual e temporal é, em teoria, alheia ao Islão.

6°-Maldivas

7°-Iêmen

8°-Laos

9°-Eritreia

10°-Uzbequistão

11°-Butão

12°-China



O confucionismo (儒學, ? Rúxué) é um sistema filosófico chinês criado por Kung-Fu-TzuConfúcio). Entre as preocupações do confucionismo estão a moral, a política, a pedagogia e a religião. Conhecida pelos chineses como Junchaio (ensinamentos dos sábios). Fundamentada nos ensinamentos de seu mestre, o confucionismo encontrou uma continuidade histórica única.
(

13°-Paquistão
14°-Turcomenistão

15°-Comores

16°-Iraque

17°-Catar


O islamismo sunita compreende actualmente cerca de 90% de todos os muçulmanos. Divide-se em quatro escolas de jurisprudência (madhabs), que interpretam a lei islâmica de forma diferente. Essas escolas tomam o nome dos seus fundadores: maliquita (forte presença no Norte de África), shafiita (presente no Médio Oriente, Indonésia, Malásia, Filipinas), hanefita (presente na Ásia Central e do Sul, Turquia) e hanbalita (dominante na Arábia Saudita e Qatar).
18°-Mauritânia
19°-Argélia
20°-Chechênia
21°-Egito
22°-Índia
23°-Vietnã

24°-Mianmar
25°-Líbia
26°-Nigéria (Norte)
27°-Azerbaijão


Judaísmo e Cristianismo

Apesar do Cristianismo defender uma origem judaica, o judaísmo considera o cristianismo uma religião pagã. Apesar da existência de judeus convertidos ao Cristianismo e outras religiões, não existe nenhuma forma de judaísmo que aceite as doutrinas do Cristianismo como a divindade de Jesus ou a crença em seu caráter messiânico (ver Religiosidade judaica e Judaísmo messiânico). Algumas ramificações tentaram ver Jesus como um profeta ou um rabino famoso, mas hoje esta visão também é descartada pela maioria dos judeus. Existem diversos artigos sobre a relação entre o judaísmo e o cristianismo. Esses artigos incluem: Comparando e contrastando o judaísmo e o cristianismo. Tradição judaico-cristã. Cristianismo e anti-semitismo. Desde o Holocausto, deram-se muitos passos no sentido da reconciliação entre alguns grupos cristãos e o povo judeu. O artigo sobre a reconciliação entre judeus e cristãos estuda este assunto. Tentativas por parte de grupos religiosos cristãos (principalmente de origem evangélica) de conversão ao judaísmo são desprezadas e condenadas pelos grupos religiosos judaicos. [editar] Judaísmo e islamismo O islamismo toma diversas de suas doutrinas do judaísmo, sendo que as duas religiões mantêm seu intercâmbio religioso desde a época de Maomé, com períodos de tolerância e intolerância de ambas as partes. É especialmente significativo o período conhecido como Idade de Ouro da cultura judaica, entre 900 a 1200 na Espanha muçulmana. Também deve enfatizar-se o atual conflito entre parte da população muçulmana e os judeus devido à questão do controle de Jerusalém e outros pontos políticos, históricos e culturais. O islão reconhece os judeus como um dos povos do Livro, apesar de acreditarem que os judeus sigam uma Torá corrompida. Já o judaísmo não crê em Maomé como profeta e não aceitam diversos mandamentos do islão.

Familia pastoral

Familia pastoral
Pr.Fernando Dionisio,Pra.joana Dark,Ramon, Rubém,Sillas

SEJÁ BEM VINDO

Pesquisar este blog

MSN

RADIO EM ADORAÇÃO