segunda-feira, 29 de junho de 2009


Caravana de brasileiros no Haiti


Missões, 29 de junho de 2009.

Um grupo de 40 irmãos, composto de 27 mulheres e 13 homens, embarcou na sexta-feira (26), no Aeroporto do Galeão no Rio de Janeiro, para uma viagem missionária ao Haiti. Eles fazem parte da caravana “Brasil e Haiti: Unidos por uma nova nação” que está sob a coordenação dos pastores Mayrinkellison Wanderley (Coordenador de Missões da JMM) e Marcos Grava (Coordenador do PEM – Programa Esportivo Missionário), um projeto desenvolvido pela Junta de Missões Mundiais.

A caravana está composta por médicos, dentistas, pastores, missionários, enfermeiras, vários professores, secretárias, empresário, engenheiro, esteticista, nutricionista, turismóloga, recepcionista, assistente comercial, militar e estudantes de várias áreas. Alguns desses voluntários já tiveram experiências com caravanas missionárias, especialmente ligadas ao PEM e à Coalização Internacional de Esportes, coordenados no Brasil pelo Pr. Marcos Grava.

O grupo chegou bem ao país e, logo, começou a trabalhar. Segundo o Pr. Mayrinkellison, ontem (28) eles foram à Igreja de Pommier para assistir o culto, e foi um dia de planejamento. Ele pede que os crentes brasileiros estejam intercedendo por eles, especialmente às 14:00h, que é a hora mais importante no Haiti, quando todos os crentes oram para que sejam quebradas as ações do Vodu. “Temos seis missionários da terra no Haiti e queremos alcançar, com nosso trabalho, suas igrejas. Precisamos ainda de sustento para o Seminário Batista no país, que tem professores com salários atrasados há três meses e queremos investir ali. A batalha já começou e você também pode embarcar nesta viagem missionária através de suas orações”, conclama o Pr. Mayrinkellison.

domingo, 28 de junho de 2009

JOVEM E IGREJA EM UNIÃO




95% DOS JOVENS


QUEREM SABER DA IGREJA.


O QUE ?






Um estudo feito por uma fundação alemã em 21 países mostra que o jovem brasileiro é mais espiritualizado do que muita gente imagina. Cerca de 95% dos entrevistados, com idade entre 18 e 29 anos, disseram que são religiosos e 91% afirmaram acreditar em Deus. O resultado coloca os brasileiros em terceiro lugar no ranking mundial dos que mais possuem algum tipo de fé.Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online
Mais de 90% acreditam em vida após a morte e outros 74% disseram orar pelo menos uma vez ao dia. O resultado do surpreendente estudo chamado “Monitor da Religião” mostra que a devoção entre os mais novos está tão em alta quanto entre os mais velhos, uma vez que com 60 anos ou mais o índice de religiosidade é de 96%.
A pesquisa mostrou ainda que 37% dos jovens se consideram muito religiosos e 35% moderadamente religiosos. Foram ouvidos 21 mil pessoas e a fé dos brasileiros só perdeu para os nascidos na Nigéria e na Guatemala, onde os índices dos que disseram ter alguma religiosidade foram de 100% e 97%, respectivamente.
Apenas 4% dos entrevistados disseram que não possuem religião. No entanto, o levantamento mostra que os jovens tendem a subestimar a própria fé. Quando perguntados se vivem de acordo com os preceitos da religião escolhida, apenas 35% dos entrevistados responderam que sim.




Reencarnação


A universitária Janaína Rodrigues, 27 anos, é um exemplo de jovem aberta a crenças de linhas bem diferentes. “Sou católica desde que nasci, acredito em Deus e em Nossa Senhora, mas também em reencarnação. Muito do que o Kardecismo anuncia faz sentido. Também acredito em horóscopo porque as previsões sempre se encaixam nas coisas que acontecem comigo”.

Para o teólogo e professor de Filosofia da Faesa Vitor Nunes Rosa, esse tipo de comportamento é cada vez mais comum e não torna a religiosidade dos jovens menor. “A maioria das pessoas não distingue o que caracteriza uma religião. Buscam o que lhes dá conforto, não importa onde. O ponto comum é dizer que acreditam em Deus. Depois buscam em diversos credos o que avaliam ser melhor”, destaca. Os jovens não procuram uma religião que os transforma seu modo de agir em casa, com os amigos e onde ele se apresenta.



Juventude até no modo de viver a fé



Dogmas, rituais, valores morais, regras mais severas. Nada disso é levado em conta quando o jovem busca sua religiosidade. O que fala mais alto é a sua devoção e a forma que a encontra de expressar.

“Uma escolha é feita e o jovem, quando despertado para ela, passa a compreender a importância de se viver dentro de certos princípios”, observa Abílio Rodrigues, presidente da Associação de Pastores Evangélicos de Vitória.
E é a possibilidade de vivenciar a fé a sua maneira que vem atraindo muitos jovens para as igrejas. Na Paróquia da Sagrada Família, em Nova Rosa da Penha, Cariacica, por exemplo, eles optaram por realizar missões, com visitas as famílias, na comunidade.

“Foi o caminho que encontraram para vivenciar sua fé. O que o atrai é a possibilidade viver a sua fé de um modo jovem, novo”, observa o titular da paróquia, padre Flávio Leonardo.



Sentido à vida



Uma atitude típica da idade, lembra a pastora da Igreja Batista da Restauração, Sandra Rodrigues. Uma fase onde a busca por um sentido para a vida é grande, em que deseja ter uma forma de viver mais definida, mas onde ainda há muitos conflitos, alguns até mesmo familiares.
“É neste momento que entra a orientação religiosa, os aconselhamentos, para mostrar que é possível exercer sua religiosidade, que é possível ser feliz quando você encontrou o que muitos ainda buscam”, acrescentou a pastora.

Jovens sacerdotes para atrair mais fiéis
Liderar uma igreja com centenas de fiéis é um desafio que poderia assustar até pessoas com grande experiência de vida. Mas há jovens padres e pastores que não se intimidam com a pouca idade e aceitam essa tarefa. É o caso do pastor Sérgio Pimentel Freitas, que tem 25 anos e há três atua na Igreja Batista da Praia da Costa, em Vila Velha.

“Sou muito feliz com minha opção. Minha idade me permite alcançar pessoas que talvez não conseguiria se fosse mais velho. Me identifico com os jovens pela linguagem e muitos são atraídos para a igreja porque percebem que é possível ser jovem e feliz servindo a Deus”, diz Sérgio que também é capelão do Colégio Americano Batista.
O padre Renato Christe Covre, 28 anos, atua na Paróqui São Francisco de Assis, em Jardim da Penha, Vitória, há um ano e meio. Ele explica que foram nove anos de estudos antes de assumir uma paróquia. Renato também acredita que sua opção de vida ajuda a trazer mais jovens para a igreja. “Todo mundo se sente atraído por pessoas com as quais se tem alguma afinidade. E com os jovens não é diferente”, explica.
O padre diz que é um desafio ter de lidar com diferentes públicos, mas avalia que foi muito bem recebido na paróquia, o que ajudou bastante. “As senhoras mais velhas me receberam como um filho”.


Eles preferem as igrejas às raves e baladas


Os estudantes Ananda Depiante, 20 anos, Pryscilla Rodrigues, 22, e Rafael Rodrigues, 20, freqüentam a Igreja Batista da Restauração, que fica em Jardim da Penha. Eles garantem que ser jovem e evangélico não é um desafio, e sim um privilégio. “A Bíblia para mim é um manual de princípios para tudo. Deixo de ir a baladas e raves porque acredito que não são ambientes bons para mim e não porque alguém me proíbe. Nossa igreja é animada e com freqüência realiza festas saudáveis para toda família”, diz Rafael. Ananda conta que nasceu em um lar evangélico, mas continua na religião por opção. “Meus amigos que não são da igreja me respeitam. É fácil ser jovem, evangélica e muito feliz quando se tem certeza da escolha certa”.


Dedicação à igreja não é sacrifício.



Os estudantes Patrick Thompson Reis, 25 anos, João Henrique Valdetaro, 24, Joana Pereira, 17, Ruan Pignaton e Janderson Ruy, ambos com 19 anos, são católicos e participam de várias atividades no Santuário de Vila Velha. “Sou ministro de Eucaristia e catequista de Crisma. Tem gente que pensa que ser atuante é difícil para os jovem, mas não é verdade. Faço o que quero, mas sem exageros. Não bebo demais porque tenho de dar exemplo”, diz Ruan, que participa do Ministério de Oração e toca na igreja. É seminarista e em novembro começa um estágio que vai definir sua vida. “Se for da vontade de Deus serei padre. É meu sonho”, revela.



Pastor é morto


por forças de segurança


no Sri Lanka.



Um pastor foi baleado e morto pelas forças de segurança cingalesas no dia 13 de janeiro, em Jaffna, segundo a Christian Solidarity Worldwide (CSW).

A organização informou que o reverendo Nallathamby Gnanaseelan, de 38 anos, era pastor da Igreja Missão Tamil em Jaffna. Ele era membro da Aliança Nacional Cristã Evangélica do Sri Lanka (NCEASL, sigla em inglês) e, segundo a entidade, não estava envolvido em qualquer atividade política.

Segundo a CSW, “o pastor Gnanaseelan foi morto na Rua Capela, depois de ter levado sua esposa e filha ao hospital. De acordo com relatos, ele foi baleado no estômago e na cabeça. Sua Bíblia, bolsa, carteira de identidade e motocicleta foram levadas e ele foi deixado na estrada. As forças de segurança inicialmente alegaram que ele estava carregando explosivos, e, depois, disseram que ele foi baleado porque não obedeceu à ordem de parar”.

A CSW informa que nos últimos meses tem havido uma dramática onda de violência no Sri Lanka, especialmente em Jaffna, devido ao conflito entre o grupo rebelde Tigres de Libertação da Pátria Tamil (LTTE) e o governo. De acordo com a NCEASL, tem aumentado o número de execuções extrajudiciais, seqüestros e desaparecimentos e “a população civil está enfrentando a falta de comida e remédios, passando por dificuldades e sofrimentos”.
maltratadas de forma arbitrária. Pedimos que a comunidade internacional erga sua voz e evite o massacre de inocentes nesse país. É urgente a necessidade de estabelecimento de uma missão das Nações Unidas que monitore os direitos humanos. O mundo não pode ficar parado assistindo à deterioração dessa situação, enquanto, diariamente, as pessoas pagam com suas vidas”.

Além da deterioração da situação política do Sri Lanka, a CSW afirma que a violência contra os cristãos continua, e que o parlamento cingalês está considerando a proposta de uma lei anticonversão.
O diretor da CSW, Mervyn Thomas, disse: “Oferecemos nossas profundas condolências à família do pastor morto. Embora o assassinato do pastor Gnanaseelan não tenha sido motivado pela religião, o fato irá apenas aumentar a tensão para as minorias religiosas do país. Apelamos a todos os lados do conflito, incluindo o governo, o LTTE e as forças paramilitares, para que cessem com as violações dos direitos humanos, e encorajamos a comunidade internacional a agir de modo a fazer com que o conflito no Sri Lanka chegue ao fim”.



Missões Portas Abertas [ http://www.portasabertas.org.br/ ]

PERSEGUIÇÃO A IGREJA E CONTRA CRISTO.


Traços gerais da
perseguição no mundo



O simples fato de ser um seguidor de Cristo será o suficiente para que cerca de milhões de cristãos ao redor do mundo sofram perseguições em 2007.

A maioria dos casos ocorre em quatro “zonas” distintas: os seguidores do islamismo, comunismo, hinduísmo e budismo. No entanto, os casos de perseguição no mundo muçulmano estão em franco crescimento.
Governos, incluindo os de países muçulmanos moderados, falham freqüentemente na guarda dos direitos civis das minorias cristãs. Os abusos sofridos por cristãos incluem seqüestros, conversões forçadas, prisões, destruição de igrejas, tortura, estupros e assassinatos.
Um dos piores lugares onde se registra o abuso à liberdade de culto é a Arábia Saudita, guardiã de locais
sagrados para o islamismo como Meca e Medina. A Arábia Saudita proíbe qualquer outra religião. Um muçulmano que for considerado culpado por se converter ao cristianismo pode ser sentenciado à morte por abandono da fé. E qualquer um que deixar o islã e for levado à Cristo é preso, expulso ou executado.
“Há uma conspiração de silêncio entre os sauditas”, diz o diretor do grupo Release International (RI), Andy Dipper. “Provavelmente porque o ocidente esteja em busca do seu petróleo e dinheiro. Só que este é um governo que dá uma sentença de morte aos próprios cidadãos que não desejam mais do que a liberdade de escolher sua própria fé. Enquanto os sauditas banem todo o tipo de literatura cristã, estão sendo gastos bilhões de dólares por ano com a propagação do islã pelo mundo”.

Uma das mais violentas perseguições entre muçulmanos é promovida pelo governo. Desde os ataques terroristas de 11 de setembro, o mundo tem estado em alerta contra organizações terroristas islâmicas. Apesar da mais conhecida ser a Al-Qaeda, existem muitas outras que se aproveitam da tensão
religiosa para colocar em prática suas próprias políticas de extermínio.
“Cresce o número de extremistas que interpretam o chamado da jihad como um chamado de
violência. Eles consideram como um preceito forçar cristãos e não-muçulmanos a se converterem ao islã. Quem se recusar deve ser induzido ou morto”, disse um representante do RI no Reino Unido.

Os observadores do RI ressaltam: “Está crescendo um movimento de imposição da lei islâmica, a sharia, que resulta no aumento da pressão contra os cristãos. Na Nigéria, militantes induziram os cristãos domésticos a transferir sua oposição política e pavimentar o caminho para a lei sharia”.
Os governo comunistas
“A despeito do colapso do comunismo na Europa, a perseguição aos cristãos continua na China, Cuba, Laos e Vietnã, enquanto o pior perseguidor de cristãos do mundo é a Coréia do Norte”, diz o comunicado do RI.
O governo comunista é ideologicamente contra o cristianismo e mantém programas sistemáticos de invasão e destruição de igrejas. Algumas ações são feitas por antigos “guardiões” aposentados da União Soviética e China - que se abriram economicamente, mas continuam a perseguir os cristãos.
“A China se prepara para os jogos olímpicos, e os governos do oeste fazem bem em relembrar que a China possui mais cristãos do que qualquer outro país”, disse Andy. “Crentes e líderes que não querem nada mais do que a liberdade de culto são aprisionados, torturados e até mortos”, completa.
Mundo hindu e budista
O alerta do RI também destaca que os cristãos de hoje no mundo hindu sofrem severas perseguições na Índia e no Nepal. O partido político indiano BJP, um dos maiores, é associado a um grupo de militantes hindus nacionalistas, cujos extremistas estiveram envolvidos no crescente número de ataques contra cristãos e muçulmanos.

Muitos Estados hindus adotaram leis contra a conversão forçada, mas neles ainda existem abusos. Cristãos sofrem perseguições principalmente nas áreas rurais, enquanto militantes extremistas destroem igrejas, ameaçam, atacam e matam pastores e líderes.
No mundo budista, os cristãos sofrem perseguição no Butão, Mianmar e no Sri Lanka. Militantes budistas vêem os cristãos como uma ameaça à sua identidade e unidade nacional. Por isso, agem com perturbação e violência contra os cristãos no Butão e no Sri Lanka.
Em 1966, Mianmar expulsou a maioria das missões cristãs. Hoje, sob forte repressão militar, as forças armadas controlam também a religião. Há diversos casos de conversão forçada ao budismo assim como de violência contra os cristãos.

China

expulsa mais

de 100 missionários

em apenas três meses


Nos últimos três meses o governo da China expulsou e deportou mais de 100 missionários cristãos, em uma operação silenciosa, especialmente vindos de países como os Estados Unidos, Canadá, Coréia do Sul, Cingapura, Austrália e Israel. Trata-se mais ostensiva ação do gênero desde 1954. Visite: Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online
De acordo com a Associação Cristã de Ajuda à China, a campanha tem como objetivo retirar todos os estrangeiros cristãos que estejam no país até a Olimpíada de 2008, para evitar uma ação evangelística em massa.
As expulsões têm ocorrido principalmente em Beijing, Xinjiang, Tibet e Shandong. Só em Xinjiang, mais de 60 trabalhadores cristãos – dentre professores de inglês, homens de negócios e funcionários de organizações humanitárias – foram expulsos, alguns deles já viviam na região há pelo menos 15 anos.

Cerca de 15 casais cristãos vindos dos Estados Unidos foram obrigados a deixarem o país no mês de maio.
No dia 31 de maio, em Linyi (Shandong), um cidadão israelense e outro norte-americano foram presos durante uma reunião de oração com 70 líderes de igrejas domésticas.
Sem contato com a Embaixada
Em Beijing, no dia 1 de julho, três cristãos dos Estados Unidos foram presos e obrigados a deixarem o país sem ao menos poder entrar em contato com a Embaixada norte-americana na China.
O ministro chinês de Relações Exteriores não quis comentar o assunto. Susan Stevenson, porta-voz da Embaixada norte-americana, admitiu a ocorrência de algumas deportações, sem dar mais detalhes.
Ação missionária na Olimpíada de Pequim
Grupos cristãos ao redor do mundo têm divulgado que planejam enviar milhares de voluntários para evangelizar a China durante a Olimpíada de Pequim (Beijing), em uma ação inédita. Algo semelhante aconteceu na Olimpíada de Atenas, Sidney e Atlanta.
O governo chinês controla a religião e exige que qualquer atividade seja vinculada às organizações oficiais religiosas, submetidas ao partido comunista. Todo o tipo de atividade religiosa autônoma é punida com prisão.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Orar leva a cadeia.



Dois cristãos

são presos por

orar em público


MIANMAR (24º) - O governo militar de Mianmar condenou dois apoiadores de Aung San Suu Kyi, líder da oposição ao regime ditatorial do país, a um ano e meio de prisão por “insulto à religião”, depois que eles oraram publicamente pela líder. Chit Pe e Aung Soe Wei, integrantes do partido Liga Nacional pela Democracia (NLD, em inglês), foram condenadas semana passada, de acordo com o porta-voz do partido, Nyan Win. “Eles foram condenados, sob a acusação de insulto à religião. Não sabemos mais detalhes sobre a prisão.” Eles foram presos em suas casas, depois que realizaram um culto de oração em Twante, no qual intercederam pela libertação de Aung San Suu Kyi. Os dois foram acusados por “profanação de templos e propriedades religiosas”. Ma Lwin, esposa de Aung Soe Wei, disse que os dois foram levados para a prisão em Rangoon logo após o veredito, e foram proibidos de conversar com os familiares fora do tribunal. O advogado Kyi Toe disse que os pedidos feitos para as autoridades, para que ele pudesse ver seus clientes, foram negados. “Eu fiz um pedido formal para o delegado Myint Kyaw e para o tribunal, mas os dois foram negados. Eu não pude conversar livremente com meu cliente desde o início do caso.” A lei de insulto à religião é frequentemente utilizada pelo governo de Mianmar, e tem pena de até dois anos de prisão.



Tradução: Portas Abertas

terça-feira, 23 de junho de 2009

Mortos pelo Evangelho...o Ide é agora...


600 igrejas incendiadas,
14 pastores assasinados na India:
Isso não passa no Jornal!




Como sempre. Certas coisas não passam no jornal. Seja o jornal “nacional” ou não. Recebi um email de um irmão da minha congregação relatando a seguinte notícia:

ORE POR NOSSOS IRMÃOS QUE ESTÃO SENDO PERSEGUIDOS E MORTOS NA ÍNDIA.

Ola paz em Cristo Jesus!!!É com muita tristeza que escrevemos esse email.Semana retrasada mataram um líder do hinduísmo no estado de Orissa,um grupo chamado Maoísta arcou com todas conseqüências mas os hindus falaram que os cristãos estavam por de traz.Resumindo tudo, pelas noticias, mais de 600 igrejas foram demolidas, varias escolas, instituições, casas deorações, casas dos próprios cristãos foram atacadas e destruídas, 4000 pessoas estão foragidas nas florestas, alguns cristãos foram queimados vivos e cortados em pedaços. Na ultima segunda feira falamos com um Pastor indiano e ele nos disse que 14 pastores foram mortos, o primeiro ministro chamou o atentado de ataque da vergonha.Precisamos orar por essas pessoas, pelos seus familiares, e pelo evangelho no estado de Orissa, os Hindus querem acabar com o Cristianismo nesse estado.Sabemos que Deus é bom e fiel porem nesse momento essas pessoas precisam de teu clamor e oração.Deus abençoe.Pastores Naia e JulianaMinistério Adore ÍndiaNotícias Nazarenas:Bangalore, ÍndiaDomingo,
7 de setembro de 2008

Três pastores Nazarenos foram mortos em Orissa, Índia, sob forte violência.À medida que a violência continua a crescer em Orissa, Índia, muitos cristãos permanecem na clandestinidade após dias de motins, que deixaram muitos mortos e inúmeros lares cristãos e igrejas foram queimadas ou destruídas.Na semana passada, duas congregações Nazarenas foram a lamentar a morte dos seus pastores – Purna Digal da Igreja do Nazareno de Baliguda e Purendra Digal da Igreja do Nazareno de Bataguda.Ambos os pastores foram mortos por um grupo na sexta-feira à noite, dia 29 de agosto, tiveram suas Igrejas e casas queimadas, ficando totalmente destruídas, enquanto os nativos fugiam para a selva para se proteger.Ambos eram líderes do grupo “Filme JESUS”, em missão da Igreja em Orissa.
Em incidentes semelhantes, Igrejas do Nazareno e casas foram queimadas em pelo menos seis aldeias, também as casas de inúmeras famílias Nazarenas foram queimadas ou destruídas pelos agentes do mal.“Esta noite ouvi dizer que um total de 15 igrejas do Nazareno foram queimadas e 400 casas de famílias Nazarenas foram destruídas”, relata Sunil Dandge.Na semana passada (6 – 7 setembro), Dandge relatou ao diretor na Eurásia Gustavo Crocker que outro pastor Nazareno tinha sido morto. O Pr. Fidem Nayak do Purunagarh (Berka) tinha sido dado como desaparecido desde 24 de agosto.Infelizmente, o superintendente distrital do Oriente da Índia, comunicou aos Dandge, que realmente o Pr. Nayak foi confirmado como morto em sua cidade.
Em Orissa o Ministério “Filme JESUS” foi o impulso para a implantação da Igreja Prasad Nayak diz,“Nós temos medo e receamos pelas nossas vidas e vivemos em constante medo. Por favor, orem para a nossa segurança e de muitos outros membros cujo paradeiro desconhecemos.
”Milhares de pessoas, na sua maioria cristã, ainda estão escondidos nas florestas ou têm encontrado refúgio nos abrigos criados pelo governo.“Por favor, continuem a defender as famílias que perderam os seus entes queridos, e que já perderamtudo”, Dandge pede.“Também para o governo ser eficaz na manutenção da paz, fazendo a situação voltar ao normal. será um alívio se estes esforços forem autorizados em breve.”Urgente, ore pelos nazarenos em Orissa e outros cristãos que estão sofrendo neste momento.
Ore também para o ministério “Filme Jesus”, e os funcionários que se prepararam para responder a ajuda, sempre que puderem estejam orando.

Unidos pelos laços do Calvário.

segunda-feira, 22 de junho de 2009



TRAJÉDIA NA INDIA

Igreja e casas queimadas em Orissa - India
Bangalore, Índia
Domingo, 7 de setembro de 2008

Três pastores Nazarenos foram mortos em Orissa, Índia, sob forte violência.

À medida que a violência continua a crescer em Orissa, Índia, muitos cristãos permanecem na clandestinidade após dias de motins, que deixaram muitos mortos e inúmeros lares cristãos e igrejas foram queimadas ou destruídas.Na semana passada, dois Nazareno congregações foram a lamentar a morte dos seus pastores - Purna Digal do Baliguda Igreja do Nazareno e Purendra Digal do Bataguda Igreja do Nazareno.

Ambos os pastores foram mortos por um grupo na sexta-feira à noite, dia 29 de agosto, tiveram queimadas suas Igrejas e casas, ficando totalmente destruídas, enquanto os aldeões fugiam para a selva para se proteger. Ambos foram líderes do grupo JESUS Film, em missão da Igreja em Orissa. Em incidentes semelhantes, Igrejas do Nazareno e casas foram queimadas em pelo menos seis aldeias, tambem as casas de inúmeras famílias Nazarenas foram queimadas ou destruídas pelos agentes do mal. "Esta noite ouvi dizer que um total de 15 igrejas do Nazareno foram queimadas e um total de 400 casas de famílias Nazarenas foram destruídas", relata Sunil Dandge. Na semana passada (6-7 setembro), Dandge relatou ao diretor na Eurásia Gustavo Crocker que outro pastor Nazareno tinha sido morto. O Pr. Fidem Nayak do Purunagarh (Berka) tinha sido dado como desaparecido desde 24 de agosto.

Infelizmente, o superintendente distrital do Oriente Índia Distrito, comunicou aos Dandge, que realmente o Pr. Nayak foi confirmado como morto em sua cidade. Em Orissa o Ministério JESUS Film foi o impulso para a implantação da Igreja Prasad Nayak diz, "Nós temos medo e receiamos pelas nossas vidas e vivemos em constante medo. Por favor, orem para a nossa segurança e de muitos outros membros cujo paradeiro desconhecemos." Milhares de pessoas, na sua maioria cristãos, ainda estão escondidos nas florestas ou têm encontrado refúgio nos abrigos criados pelo governo. "Por favor, continuem a defender as famílias que perderam o seu querido ou queridos e que já perderam tudo", Dandge pede.

"Também para o gverno que pode ser eficaze na manutenção da paz, fazendo a situação voltar ao normal. será um alívio se estes esforços forem autorizados em breve." Urgente oração é solicitado para nazarenos em Orissa e de outros cristãos que sofrem neste momento. Ore também para o ministério Jesus Film, e os funcionários que estão atualmente a preparar para responder a ajuda, sempre que puderem estejam orando. Uma doação conta tenha sido estabelecida através de Nazareno compassivo Ministérios, no Gabinete do Tesoureiro Geral. Todos os fundos deverão ser enviados observando a conta "Índia agitação civil-AMC1600" para o Tesoureiro Geral, 6401 A Paseo, Kansas City, MO 64131. Aqueles que pretendam enviar fundos após 10 de setembro de 2008, use o novo endereço: Tesoureiro Geral da Igreja do Nazareno, Ministério Global Center, 17001 Prairie Star Parkway, Lenexa, KS 66220. No Canadá, os controles devem ser feitos a pagar e enviado para a Igreja do Nazareno Canadá, 20 Regan Road, Unit 9, Brampton L7A 1C3. On-line estará disponível em breve irá doar a
ncm.org.

No Brasil enviem para a conta da MNI DSP e nos envie um e.mail (
mni@mni.com.br) confirmando o valor e o destino para a oferta.
Banco (237) Bradesco
Ag. 2205-5
C/C. 021766-2
- Distrito Sudeste Paulista - MNI.
--NCM -- NCM

Palavra do editor:
Aumenta a perseguição e cresce o interesse pelo cristianismo em todo mundo, morre-se alguns e frutifica muito em Deus estas vidas não são em vão são martires de Cristo.

JOÂO 15:1-7



Cristãos de vilarejo

são presos sem
explicações




Saiba mais sobre a Igreja Perseguida no Laos
LAOS (8º) - A polícia no Laos prendeu 13 cristãos no dia 12 de junho de 2009. Os cristãos estavam trabalhando em um vilarejo quando foram interrogados pela polícia. Os oficiais não deram nenhuma explicação pela prisão, ou pela detenção constante de cristãos na delegacia da região. O governo laosiano aplica restrições pesadas para a maioria dos grupos religiosos, enquanto promovem o budismo e organizações budistas. Neste ano, o país ocupa a 8ª posição na Classificação de países por perseguição, sendo um dos lugares onde ser cristão envolve muitos riscos. As autoridades prenderam, assassinaram e negaram comida aos cristãos e famílias, para pressioná-los a negar a fé. De acordo com a CIA, 67% da população laosiana é budista. Somente 1,5% é cristã. Ore para que Deus proteja os cristãos no país e lhes dê ousadia para pregar o evangelho.

domingo, 21 de junho de 2009

cristãos no paquistão

Não existe paz para


os cristãos do Paquistão

Após o dia 11 de setembro do ano passado e da guerra no Afeganistão, não existe mais paz para os cristãos do Paquistão. Eles são considerados traidores, inimigos e estrangeiros
no próprio país, por causa de sua fé.

ervoso em sua cadeira de rodas, com as mãos crispadas, correndo para cima e para baixo do seu rosto em lágrimas, Abdul Qadir Azad olhava assustado ao seu redor. Sua cadeira estava manchada de sangue. Na grande nave central da igreja havia uma movimentação de pessoas, rostos pálidos e chorosos, olhares espantados, comentários sobre o que havia acontecido, um forte odor de sangue, muita raiva e medo.

As palavras não conseguiam expressar a tragédia acontecida e, talvez, por isso o velho Abdul chorasse. Ele era o presidente da Conferência dos ulemas (estudantes islâmicos) do Paquistão, já foi um grande imane da mesquita Badshahi de Lahore e não quis faltar. Alugou um carro e veio àquela igreja católica, para constatar com seus olhos a dor dos seus compatriotas cristãos de Bahawalpur, no sul do Punjab.

Ao seu redor, em oração, homens e mulheres, padres dominicanos, pastores protestantes e algumas irmãs. Os cadáveres dos 17 fiéis mortos, metralhados naquele domingo, 29 de outubro, estavam ainda estendidos sobre as esteiras de palha e parecia que alguém ainda estivesse rezando.

A polícia procurava pistas e o imane não conseguia entender como alguns de seus irmãos muçulmanos, poderiam ter matado pessoas que estavam rezando a Deus, Pai de todos. Não entendia e por isso chorava. Chorava sobre o país, cujo nome significa "país dos puros", mas que estava se tornando prisioneiro do mal.

Pe. Jaime Channan, vice-provincial dos dominicanos do Paquistão, observava a perturbação do velho muçulmano e, mais tarde, declarou à agência Uca News: "Admirei aquela expressão de solidariedade com todos os cristãos e admiro os esforços de Abdul Qadir Azad para promover a paz entre as religiões, especialmente o diálogo islamo-cristão".

Pe. Rocus Patras, vigário da paróquia de São Domingo onde aconteceu o atentado, relatou, à agência Fides, que, no Paquistão, os cristãos desde sempre pagaram na própria pele as tensões em que vive o mundo islâmico, contraposto ao ocidental e que se identifica como cristão.

Desta vez, foram os bombardeios anglo-americanos sobre o Afeganistão a motivar a tragédia. O fato é que, nesse país como em outros, a propaganda dos movimentos islâmicos fanáticos tende a considerar, como quinta coluna do ocidente, todos os que, embora sejam do mesmo sangue e da mesma pátria, aderiram ao cristianismo.

Para esses movimentos, os cristãos são sempre inimigos a combater, sempre acusados de proselitismo. Nada serviu o reconhecimento da Igreja de eventuais erros cometidos em algumas situações do passado. As mudanças de perspectiva da Igreja, após o Concílio, são ignoradas e ela é particularmente responsabilizada pelos fatos, presentes nos movimentos fundamentalistas evangélicos e protestantes.

Após o trágico acontecimento de outubro, "os cristãos do Paquistão estão com medo, vulneráveis, inseguros e indefesos", diz pe. Channan e cita uma sua experiência: "No dia 11 de setembro, fui rezar missa na aldeia cristã de Mian Channu. Não foi fácil. Ao redor da capela havia mais de 50 jovens cristãos armados.

Tinham a tarefa de assegurar uma celebração "serena". Parecia-me entrar numa zona de guerra, mas era a mesma aldeia onde estudei, 32 anos atrás. Naquele tempo, as pessoas não tinham medo, eram dias de paz e tranqüilidade. Durante as festas, realizavam-se procissões, torneios de futebol e outras atividades, num clima sereno.

cristianismo e choque


Nigéria:

Novo conflito religioso
23 de Fevereiro de 2009

Um novo conflito religioso envolvendo cristãos e muçulmanos aconteceu no passado sábado, 21 de Fevereiro, no Estado de Bauchi, na Nigéria. Igrejas foram incendiadas e pelo menos quatro pessoas morreram nos confrontos. Outros 28 feridos graves foram hospitalizados. Após decretado recolher obrigatório, as duas últimas noites foram de calma na região.

De acordo com as notícias, uma multidão de muçulmanos atacou locais de culto cristão em retaliação após os incêndios que destruíram duas mesquitas na região de Bauchi. Os islâmicos atribuem os incêndios a milícias cristãs.

Segundo o Governo de Bauchi, esta acção tem contornos políticos: «Esta crise é organizada por elementos que querem desestabilizar o Estado», declarou o governador Isa Yuguda.

Conflitos religiosos têm se intensificado na Nigéria, o país mais populoso da África. No Norte, de maioria muçulmana, a lei islâmica Sharia é aplicada em várias localidades, o que gera conflitos com seguidores de outras crenças. O cristianismo é mais presente no Sul. Em Novembro de 2008, ao menos duzentas pessoas morreram em Jos, no centro da Nigéria, em confrontos religiosos entre os dois grupos.

sábado, 20 de junho de 2009


Governos da Argentina

e do Chile homenageiam

teólogo alemão.




No próximo dia 7 de agosto, o chanceler da República Argentina, Jorge Taiana, em nome do governo argentino, e o embaixador da República do Chile na Argentina, Luis Maira Aguirre, em nome de seu país, condecorarão o teólogo luterano alemão e pastor da Igreja Evangélica, Heinz Friedrich Dressel, 78 anos, por seu compromisso solidário com centenas de exilados argentinos, chilenos e de outros países do Cone Sul e por sua permanente defesa dos direitos humanos.


A homenagem será realizada no Salão Libertador do Palácio San Martín, em Buenos Aires. Dressel receberá a “Ordem de Maio” ao mérito no grau de comendador. As autoridades chilenas também entregarão a Dressel a condecoração “Bernardo O’ Higgins” em reconhecimento à solidariedade com os perseguidos do regime do general Pinochet.
Dressel demonstrou, com o trabalho humanitário desenvolvido, que era possível, com interesse e compromisso, resgatar pessoas presas sob a ditadura militar argentina, algo que muitos diplomatas, que tinham essa obrigação, não o fizeram.

Heinz Friedrich Dressel nasceu no dia 28 de setembro de 1929, em Marktredwitz, Baviera, Alemanha. Aos 23 anos, foi graduado como teólogo no Seminário Luterano de Neundettelsau. Em seguida foi viver no Estado do Rio Grande do Sul, Brasil, onde desenvolveu trabalho pastoral ao longo de 15 anos.

Atualmente, Heinz Dressel vive com a esposa na cidade alemã de Nüremberg. Contudo, ele pensa como latino, fala fluentemente o espanhol e o português e é um especialista em Direitos Humanos e cultura e história latino-americana, qualidades que se refletem em sua abundante produção literária produzida nos idiomas alemão e português.

Aos 78 anos de idade, Dressel pensa que quando se é jovem não se medem os perigos na vida e somente se trata de cumprir com a vocação e o compromisso da melhor maneira possível. “O que fazemos não é porque queremos, ou porque procuramos. Só atuamos de uma maneira para responder aos desafios da história mundial”, disse ao avaliar o seu trabalho de ajuda aos exilados latino-americanos que conseguiram refúgio na Alemanha graças aos seus esforços.

Dressel não esquece de reconhecer que para o cumprimento de sua missão contou na Alemanha com o valioso apoio de uma rede de dirigentes cristãos alemães e latino-americanos dispersos por toda a América do Sul.

Cidade alemã faz batismos

por ocasião do aniversário de Lutero






BERLIM - A comunidade protestante de Eisleben (leste da Alemanha) convocou cerca de 200 batismos no mundo todo - incluindo países como Estados Unidos China e Venezuela - por ocasião do aniversário de batismo nesta cidade do monge Martinho Lutero.
Para a data em questão, dia 11 de novembro, foram anunciados 218 batismos nos cinco continentes, de crianças ou adultos, informou nesta terça-feira, 4, o pároco Hauke Meinholf, da igreja de Eisleben, onde Lutero recebeu o sacramento.
O objetivo inicial era alcançar o número de 525 batismos, por se comemorar o mesmo número de anos do batismo do pai da Reforma Protestante, mas Meinholf diz que a iniciativa é considerada satisfeita com as respostas procedentes de 200 paróquias.
Lutero nasceu em Eisleben em 1483 e nesta cidade também foi batizado, embora a maior parte de sua vida tenha transcorrido em Wittenberg, também no leste do país
.

Chocolate em formato de Jesus.



ANO PASSADO 2008...


Tags: , , ,


Igrejas da Alemanha criticaram nesta terça (2) um empresário que lançou uma linha de chocolates em formato de Jesus. Frank Oynhausen, responsável pelo produto, diz que a intenção é resgatar valores religiosos tradicionais para o Natal na Alemanha. Mas a Igreja Protestante da Alemanha e Igreja Católica não gostaram da idéia.
“Estava pensando em uma maneira de reintroduzir valores religiosos tradicionais nesse mundo comercial”, disse Frank, que estava desempregado desde que faliu, há dois anos, trabalhando com reciclagem. Junto com um amigo, Frank desenvolveu o conceito de “Sweet Lord” - chocolates em formato de Jesus que são vendidos em lojas e pelo site www.goldjesus.com. Segundo ele, milhares de pessoas já encomendaram os chocolates, que são embrulhados com papel metálico dourado.
“É horrível que Jesus seja embrulhado em papel dourado e vendido em meio a coelhos de chocolate, pingüins comestíveis e pirulitos”, disse Aegidius Engel, porta-voz do acerbispado de Paderborn. “Isso está arruinando o símbolo de Jesus”.
“Esperamos conseguir exportar os chocolates um dia”, diz o empresário. Ele diz que o produto seria muito popular em certos lugares dos Estados Unidos.
Em 2007, uma escultura de chocolate que reproduzia Jesus causou polêmica quando foi exibida em uma galeria de arte de Nova York.

OREM PELOS LIDERES AGORA...


"Pastor" pega 15 anos

de prisão por abusar

das 3 filhas.




segunda-feira, 18 maio 2009 Tags: , , , ,


A Justiça da província argentina de Misiones condenou a 15 anos de prisão um pastor evangélico por ter abusado de forma contínua de suas três filhas.
A sentença foi dada pelo tribunal penal da cidade de Oberá, 1.150 quilômetros a nordeste de Buenos Aires, após um julgamento que se estendeu por dois anos.
O caso se tornou público em 2007, quando o pastor, de 42 anos e que estava à frente da Igreja Evangélica Assembleia de Deus, foi denunciado por sua mulher, a quem as filhas confessaram que tinham sido abusadas reiteradas vezes pelo pai.
O pastor foi imediatamente detido e esperou nessa condição o julgamento, que aconteceu a portas fechadas.
Fontes judiciais disseram que as filhas do homem condenado declararam não guardar rancor do pai, que, por sua vez, reiterou inocência. O pastor diz que foi acusado pela família apenas para que ficassem com seus bens.

culto na india e uma trágedia

"BRASIL EVANGELIZAÇÃO NA INDIA".









Igreja é invadida por extremista durante culto.


Tags: , , ,


Um grupo de 20-25 radicais hindus invadiu o culto de domingo, dia 19 de abril, na igreja histórica Douglas Memorial Church em Saoner, na Índia. Carregando paus, espadas uma pistola e forcados, os fanáticos agrediram duas mulheres nas pernas e louvaram os nomes de deusas hindus, destruindo uma Bíblia e instrumentos musicais, e danificando o altar.
Quando iam embora, os radicais quebraram as janelas de um ônibus escolar estacionado em frente à igreja.


Os grupos hindus VHP e Bajrang Dal negaram qualquer envolvimento no ataque, mas afirmou que os jovens hindus estavam furiosos com as conversões que têm ocorrido na área.
A polícia local disse que 10 minutos antes do ataque, alguém que alegava fazer parte do grupo radical VHP foi até a polícia e entregou um pedido para que houvesse uma ação contra as conversões em Saoner.
O pedido alegava que a igreja estava atingindo famílias pobres e oferecendo a conversão por meio da sedução.
“As alegações não têm fundamento”, afirma o pastor Mark Sarkharpekar, da Douglas Memorial. Ele disse que foi o primeiro ataque desse tipo.
O ataque começou assim que o pastor iniciou o sermão. Um forcado foi lançado contra ele, que conseguiu desviar e não ficou ferido.
A polícia prendeu seis dos envolvidos no ataque.

Bíblias começam a ser distribuidas na China.







Começaram a ser distribuídas na China, durante esta Páscoa, as primeiras 100 mil cópias da Bíblia que a comunidade ecumênica de Taizé mandou imprimir, como “resposta às necessidades dos cristãos chineses”.


No Encontro Europeu que reuniu 40 mil jovens em Bruxelas, em finais do ano passado, o irmão Alois, prior da comunidade, anunciara a intenção de imprimir na China um milhão de exemplares do texto bíblico: 200 mil Bíblias completas e 800 mil Novos Testamentos com os Salmos.


A impressão desta edição, segundo a tradução franciscana “studium biblicum”, será feita em Nanjing. Depois de impressos, os livros serão distribuídos em diferentes etapas, ao longo deste ano.
Durante 2009, a Comunidade de Taizé vai também apoiar o trabalho bíblico da Igreja Protestante na China.


Os custos de impressão serão assumidos por uma colecta organizada por Taizé, chamada “Operação Esperança”.

Blogueiros Cristãos são sequestrados




Irã - Dois novos convertidos cristãos foram presos em uma falsa reunião realizada em uma igreja clandestina, e ninguém tem notícias sobre eles.
De acordo com informações recebidas, um cristão de 30 anos chamado Mazaher R., que mantinha um blog para evangelização pela internet conheceu um homem morador de Isfahan e que se apresentou como pastor Reza.

Esse homem, pastor Reza, convidou o cristão para encontrá-lo para se conhecerem melhor. O irmão Mazaher, junto com sua irmã e outro cristão chamado Hamed S, foram ao encontro de Reza em 22 de fevereiro.

Os três encontraram Reza e uma mulher chamada Maria, apresentada como sua esposa. Depois de conversarem um pouco, Reza convidou os três cristãos para acompanhá-lo em uma reunião de oração clandestina, onde ele batizaria um novo convertido.
Depois de uma longa viagem até o local, esse “suposto” pastor afirmou que o prédio em que estavam era o templo da igreja. Quando entraram, os três cristãos foram atacados, vendados, algemados e levados por policiais à paisana.

No dia seguinte ao incidente, outros policiais invadiram a casa do pai de Mazaher e confiscaram computadores, impressoras e diversos CDs.
Fontes afirmam que a irmã de Mazaher, presa junto com os outros dois jovens, foi liberada após ser interrogada, pois descobriram que ela era inocente nos fatos, e não tinha nenhuma ligação ao blog cristão.

Os familiares, depois de retornarem ao local da falsa igreja e da prisão, descobriram que a casa estava vazia há muito tempo, e que não havia nenhum homem chamado pastor Reza morando na área.
Recentemente, a república islâmica iniciou uma campanha para identificar e encerrar todos os sites não-islâmicos que promovam ensinos cristãos ou divulguem notícias contra o governo ou os direitos humanos.


Ore pelos dois cristãos e por seus familiares.

Doença que leva a perseguição de cristãos


Muçulmanos usam gripe suína

como pretexto para perseguir cristãos




No Egito, os cristãos coptas vivem predominantemente dos negócios relacionados à criação de porcos. Apesar do nome, a gripe suína não foi detectada em porcos ainda em lugar nenhum do mundo. Entretanto, os muçulmanos do Egito, que consideram o porco um animal impuro, decidiram perseguir os cristãos utilizando como pretexto o extermínio preventivo de suas criações de suínos, o que os priva de seu trabalho e fonte de renda, efetivamente destruindo suas vidas.


A campanha tem origem no governo e tem sido apoiada pela mídia que espalha superstições e desinformação sobre os porcos espalharem a doença, a despeito de, reiterando, ser fato conhecido que nenhum animal jamais foi encontrado contaminado. Mesmo assim, o objetivo do governo muçulmano é destruir todas as 400 mil cabeças do gado suíno egípcio.


Segundo líderes cristãos coptas que evidentemente desejam manter seu nome em segredo, a medida tem o objetivo de privar os cristãos de suas rendas, tendo já retirado de alguns milhares de cristãos o seu ganha-pão.
Além disso, segundo as mesmas fontes, a campanha é utilizada também como outras formas de perseguição. Pontos de blitz foram localizados nas regiões onde vivem os coptas para “impedir” que tentem transferir os porcos para esconderijos. Os muçulmanos exigem inclusive que os cristãos dispam-se completamente alegando que poderiam estar escondendo porcos embaixo da roupa, ou seja, buscando apenas humilhá-los.


A
violência islâmica contra cristãos é recorrente no Egito. Um dos casos mais proeminente ocorreu em 2007 quando muçulmanos atacaram cristãos coptas e suas lojas, incendiando-as. O motivo que incitou a violência: os cristãos desejavam construir uma paróquia. O governo egípcio exige uma pesada burocracia para a construção ou aumento de paróquias, exigindo inúmeras licenças. Todo e qualquer ofício necessita de permissão estatal e os cristãos não podem ocupar cargos de relevância no governo, exército ou na educação.

Jovem faz MISSÔES...


2 mil jovens no( jornada de missões online)


Dezenas de igrejas em várias partes do mundo estão a planear participar numa jornada especial de missões que envolve levar Cristo e a Sua mensagem até uma grande comunidade onde o Evangelho não é o tema mais popular.


Até agora, cerca de 2.000 jovens já se inscreveram para as “Online Missions Trip” (Jornada de Missões Online) para bombardear sites populares de redes sociais com histórias acerca de Deus.
“Esta é uma oportunidade de duas semanas para todos nós de bombardear o Facebook, MySpace, YouTube, Twitter, qualquer lugar social a que você for online, com o Evangelho de Jesus Cristo”, explica Tim Schomoyer, o organizador da jornada de missões e pastor de jovens na Alexandria Covenant Church em Minnesota, no vídeo promocional da jornada de missões.


De 1 a 14 de Fevereiro, estudantes dos Estados Unidos, Canadá, Austrália, Reino Unido, Bermudas e de qualquer outro país irão usar o poder da Internet para partilhar Cristo com outras pessoas. Não só com aquelas que estão do outro lado do mundo, mas também do outro lado da rua e com os amigos na sua escola.
A pré-“jornada” de formação que explicará como partilhar efectivamente mensagens sobre Cristo por meio de redes sociais começa a 11 de Janeiro e prosseguirá até 31 de Janeiro.



Durante a “jornada”, os participantes irão enviar vídeos e fotos, links, e actualizações do estado de utilizador para partilhar o que Deus está a fazer nas suas vidas. Os participantes também irão escrever comentários, enviar mensagens, escrever em blogues, criar convites para o seu grupo da jovens, e fazer outras coisas que irão ajudar a apresentar Deus numa conversa online.
No entanto, as conversas online são apenas o passo inicial. O objectivo é eventualmente trazer as pessoas para discussões frente-a-frente. Eventos de divulgação e o acompanhamento dos novos crentes irão começar a 15 de Fevereiro e irão incluir uma sequência de quatro partes livres da Lifechurch.tv, intitulada “O que é que vem a seguir?”
“Depois disso, você terá talvez alguns eventos que poderá usar, como eventos no Facebook para convidar os seus amigos para vir a pequenos grupos ou grupos de jovens,” diz Schmoyer.


A Alexandria Covenant Church, por exemplo, irá usar o programa de juventude “Gospel Journey Maui” do popular ministério jovem Dare 2 Share e enviar convites a um grande número de jovens na área para discutir acerca das crenças dos Cristãos e o porquê dessas crenças, e também quais as crenças de outras religiões.


O programa pós-”jornada” na Alexandria Covenant Church está previsto abranger mais cerca de nove semanas depois da jornada de missões online terminar.
Schmoyer diz que espera que mais gente se registe para a jornada até ao seu início em Fevereiro porque a Dare 2 Share enviou recentemente um e-mail especial a cerca de 20.000 pastores de jovens, de acordo com a Evangelical Covenant Church.


Recursos e outros materiais úteis para a “jornada” já estão disponíveis online.
Na Internet:
http://www.onlinemissionstrip.com/

sexta-feira, 19 de junho de 2009

VEJA SÓ ISSO...


Autoridades jordanianas

prendem oito evangelistas,

porque propagaram a fé cristã.

Oito pessoas foram presas na Jordânia porque propagaram a fé cristã, de acordo com informações do jornal saudita “Al-Watani”. A maioria dos presos eram estrangeiros. Eles foram descobertos distribuindo material evangelístico para famílias de beduínos no norte e leste da capital jordaniana, Amã.


As autoridades receberam informações de residentes locais de que missionários estrangeiros estavam oferecendo ajuda humanitária a famílias muçulmanas pobres e distribuindo folhetos de promoção ao cristianismo. Fontes disseram que eles estavam atraindo as crianças pobres com dinheiro e chamando os homens a se casarem com meninas estrangeiras.
O islã é a religião estatal na Jordânia, entretanto o cristianismo é também uma religião reconhecida no país. No mundo muçulmano, o evangelismo é uma prática freqüentemente associada ao imperialismo ocidental.


O governo jordaniano proíbe a conversão do islã e o proselitismo de muçulmanos. Os tribunais islâmicos (sharia) têm a autoridade para processar as pessoas que tentam converter os muçulmanos, de acordo com o relatório anual do Departamento de Estado dos Estados Unidos sobre liberdade religiosa.
Muçulmanos na Jordânia que se convertem a outras religiões enfrentam discriminação social e governamental, segundo relatório.

Isso é controversia da religião


Templo Islâmico

recebe o nome de Jesus Cristo

na Jordânia.


Uma mesquita na cidade de Madaba, a 30 km de Amã, capital da Jordânia, recebeu recentemente o nome de Jesus Cristo, fato que tem agradado líderes muçulmanos e representantes de comunidades cristãs. Visite:
Gospel, Noticias Gospel, Videos Gospel, Biblia Online
Madaba é conhecida como cidade dos mosaicos, pela riqueza de seus resquícios da era bizantina. Agora, tornou-se também um símbolo da tolerância religiosa e da convivência pacífica de uma população de 60 mil pessoas, constituída de 90% de seguidores do islamismo e por 10% de cristãos.
A mesquita de Jesus Cristo, como explicou o imã Belal Hanini em declaração à agência Efe, é “uma homenagem à tolerância”, mas representa também “uma mensagem ao mundo de que os muçulmanos consideram Jesus Cristo como o próprio mensageiro, porque antecipou a chegada do profeta Maomé”.
Entre as riquezas arquitetônicas conservadas na cidade de Madaba, as suas igrejas e museus, destaca-se o piso da basílica grego-ortodoxa de San Giorgio, que conserva o primeiro mapa da Terra Santa com os lugares bíblicos, que foi feito no século VI.
Em Madaba passa também o rio Jordão, onde segundo a tradição cristã, Jesus foi batizado. Foi deste fato que surgiu a idéia do nome da mesquita.
“Há séculos vivemos em paz com nossos irmãos cristãos, e agora sentimos que este templo simboliza esta fraternidade”, explica Hanini, acrescentando que a mesquita de Jesus “é a prova de que o islamismo e o cristianismo vivem em paz e consolidam os vínculos e o diálogo inter-religioso entre as diferentes crenças”.
Nas paredes internas da mesquita, algumas inscrições reproduzem os versos consagrados do Alcorão em honra do Nazareno e à sua
mãe, a Maria.
O templo foi construído pela família muçulmana Al Otaibi, tradicional na região e com fortes ligações com a comunidade cristã local. “Queremos estabelecer um
exemplo que possa ser seguido em outras partes do mundo a favor da coexistência entre religiões”, explicou Marwan Al Otaibi, em declaração à Efe.
“Dar o nome de Jesus Cristo ao nosso templo sagrado é um modo de fazer com que o mundo inteiro entenda que o islã é uma religião de tolerância que ama se comunicar com os outros”, acrescentou.
A decisão foi acolhida com entusiasmo pelos líderes das outras comunidades religiosas. “Como monoteístas, estamos comovidos com este gesto feito pelos nossos irmãos muçulmanos em relação a Jesus Cristo e sua mãe”, comentou o sacerdote da igreja católica grega, Nabil Haddad. “A Jordânia é um modelo para a coexistência entre os diferentes cultos”, continuou.
Para o ministério das Relações Religiosas Islâmicas do governo da Jordânia, trata-se de uma ação “em linha com a decisão da Jordânia de desenvolver o diálogo entre as religiões e as diversas civilizações”.

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Testemunho de vida (frança)


Maria Azevedo




De 1890 até à 1949 , a Igreja do Nazareno, em Cabo Verde. Maria José Azevedo serviu o Senhor sobre l' ilha enfrentou durante vinte e dois anos. Ela se é dado ao trabalho a tempo inteiro, sem apoio financeiro do exterior. Como tivesse recebido uma formação de instrutora, começou uma escola. Seguidamente, com as crianças, ia de aldeia em aldeia, e começava escolas do Domingo. A partir deste trabalho inicial, um renascimento começou entre as crianças, e durou vários anos. As crianças tinham as suas próprias reuniões. Havia pouco muito de exemplares da Bíblia, e nenhuma outra literatura cristã, então as crianças copiavam dos versículos bíblicos as umas para os outros, para aprender-o de memória. Alguns saber o Evangelho de Lucas em totalidade, e mesmo dos outros livros da Bíblia. Aquando estas reuniões, certas crianças que não tinham mesmo qual bens a vestir para ir ao culto veio ao Senhor. Quando a Sra. Adelina Domingues de New Bedford, Massachusetts, aos Estados Unidos, entendeu que a sua velha amiga Maria Azevedo trabalhava com muito poucas Bíblias e nenhum recolhimento de cantos nem nenhum material para escola do Domingo, recolheu cem dólares um Domingo para enviar Bíblias e Novos Testamentos. Marie ganhava o dinheiro para apoiar a sua família pela costura e o fabrica de renda, mas gastava muitas sobre as crianças carentes. Dava um pouco de sopa ou algum outro alimento tanto à crianças que possível, exactamente para salvar-lhes a vida. Tomava nela em tantos pobres único possível. Uma vez, então que fazia a evangelização, um funcionário é convertido quando viu seu precioso e corajoso Evangelho. Durante cinco anos no início dos anos 1930, praticamente apoiou a igreja à ela única. Pasteur Dias era doente, as pessoas eram desencorajadas, a igreja aos E.U.A parecia pronta para retirar o seu apoio, e a missão se preparava a fechar. Marie ocupa a educação e as tarefas pastorea, e prestado em tantos serviços único possível. Por último, em 1936, os missionários (a rotação e a Sra. Everette Howard) chegaram. Pasteur Dias e a sua mulher tem partido atrasado dois anos, para tomar a sua reforma nos Estados Unidos, onde as suas crianças se eram instalados. Maria Azevedo era doente durante vários anos, mas continuou fielmente o seu trabalho até' à sua morte, à Praia, o 19 de Abril de 1949.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

A Colheita Verde

Missões Nazarenas Internacionais


Colheita Nazarena e trabalho social da igreja no mundo Equipe de campo na Índia Caleb Premanandam Caleb serve com a Harvest na Índia desde 1996. Além de muitos compromissos na área de ensino e conferências, Caleb supervisiona um grupo com mais de 20 pastores e plantadores de igrejas em Telengana, região de Andhra Pradesh, Índia.



Prakash NemadePrakash uniu-se à Harvest como membro associado da equipe em 2005. Prakash tem formação e experiência como educador, tendo trabalhado com a Faculdade Teológica do Nazareno no Sul da Ásia [South Asia Nazarene Bible College] por 15 anos. Prakash vive na cidade de Pune, na Índia Ocidental, no Estado de Maharashtra, e trabalha com a Igreja do Nazareno para equipar pastores e líderes leigos na tarefa do discipulado. Ele também ajuda a gerenciar o escritório de publicações da Harvest em Hyderabad.


CENA NAZARENA


Devido ao seu interesse Os Ministérios Nazarenos de Compaixão (MNC) informaram que em 2006, por causa da generosidade dos nazarenos: • 2.345 famílias beneficiárias no Quénia receberam mensalmente alimentos por cinco meses. • 7.600 famílias afectadas pelo vírus do HIV/SIDA estão sendo ajudadas por uma parceria entre os MNC de África e o Banco Alimentar. • 9.348 crianças estão sendo apadrinhadas através dos MNC, um aumento de 46% em relação ao ano passado. • Resposta ao desastre tem sido providenciada: ao Sul da Ásia, (terramoto no Paquistão); às Caraíbas (auxílio no furacão); África (auxílio na seca); Indonésia (terramoto); México/América Central (auxílio no furacão); América do Norte (auxílio no furacão). Estas são apenas algumas das formas como os MNC têm dado assistência a pessoas em todo o mundo. Para mais informações vá à http://www.ncm.org/. Revista dos Ministérios Nazarenos de Compaixão Igreja Coreana Patrocina Tecnologia e Treinamento Edifícios de alta tecnologia, professores dedicados, estudantes criativos e uma visão para “comunicar Cristo…por todos os meios possíveis,” são os ingredientes para um dinâmico programa de estudos de comunicação no Seminário Teológico Nazareno da Ásia-Pacífico (STNAP), em Manila, Filipinas. O STNAP desenvolveu recentemente a Escola de Comunicações Fairbank (ECF) para melhor facilitar a expansão do programa de comunicações e foi abençoado com uma oferta inicial generosa da Igreja do Nazareno de Sangamdong em Seoul, Coreia. A Igreja também prometeu apoiar mensalmente o programa. Comunicações da Missão Mundial, Ásia- Pacífico Livros para Pastores— Ferramentas para o Ministério “Pastores estão a usar materiais adquiridos recentemente como resultado da oferta Livros para Pastores. O resultado é o crescimento contínuo na região, compartilhou Salatiel Munedzimwe, Coordenador de Literatura em África. Dr. Daniel Ketchum informou que até 8 de Dezembro de 2006, $2.45 milhões de dólares foram recebidos para o projecto do 90º aniversário de MNI, Livros para Pastores – Ferramentas para o Ministério. O projecto tem como alvo providenciar literatura em 60 línguas, para 14.000 pastores e 27.442 estudantes. Missões Nazarenas Internacionais Conferência Multi-denominacional na Escócia Cinco nazarenos do centro da Escócia formaram o grupo de desenvolvimento de liderança chamado “New Heights” na tentativa de se desenvolver habilidades de liderança na geração mais nova. Cinquenta e sete pessoas inscreveram-se na primeira conferência New Heights que aconteceu em Dezembro na Igreja do Nazareno em Erskine. Os workshops tiveram como alvo a geração emergente e lidaram com a adoração, primeiros socorros psicológicos e justiça social. A II Conferência New Heights está agendada para Maio de 2007. Para mais informações veja www.newheightsministry.org. Where Worlds Meet Parceiros da Colheita do Filme JESUS (PCFJ) As equipas de ministério do PCFJ relataram 41,766.165 contactos evangelísticos * entre Janeiro de 1998 e 5 de Dezembro de 2006. Desses contactos, 7,268.320 (17.4% dos contactos) tomaram decisões para Cristo e 2,267.338 (31.2% das decisões) envolveram-se no discipulado inicial. Houve 10.385 novas igrejas tipo missão que começaram e 14,230 novos pastores estão a ser treinados. *Inclui o uso do filme JESUS e outras ferramentas. Parceiros da Colheita do Filme JESUS Publicação de Missões Nazarenas Internacionais Ann Baldwin, Redatora Janeiro/Fevereiro/ Março 2007 Nº 0068


CENA MUNDIAL


Afeganistão: Meninas Gostam da Escola A frequência escolar das meninas quase que chega aos 17.000 nas escolas patrocinadas pela Visão Mundial— quase o dobro do número registado há dois anos. A Visão Mundial providencia treinamento para professores, equipamento e alimentos para escolas nas províncias de Ghor e Badghis. Durante a era dos Taliban a educação das meninas foi banida.. Notícias da Visão Mundial–Inverno 2006 Atletas em Acção Na Nigéria rebeldes estão a queimar igrejas e a perseguir cristãos. No entanto, atletas cristãos dos Atletas em Acção (AEA) estão a proclamar o evangelho e a levar pessoas a Cristo. AEA, um ministério da Jocum, enviou uma equipa para a Nigéria para jogarem voleibol por duas semanas. Porque eram apenas três jogadores (um americano e dois canadianos), eles juntaram-se a 5 jogadores nigerianos e um treinador para formarem uma equipa completa. Depois dos jogos a equipa de AEA explicava à multidão como poderiam ter um relacionamento com Jesus. Devido ao alto conceito que os atletas têm, os nigerianos ouviam e muitos aceitaram a Cristo. Uma universidade local pediu à equipa para regressar e continuar a compartilhar com o povo nigeriano. Worldwide Challenge Magazine O Povo Tajik Os tajiks são o povo mais antigo da Ásia Central. Eles vivem nas áreas montanhosas remotas e escarpadas do Tajiquistão, Afeganistão, Uzbequistão, Irão, Paquistão e China. O Tajiquistão, terra da maioria do povo Tajik, é um dos países mais pobres do mundo. Cerca de 90 porcento dos Tajiks são muçulmanos e 10 porcento dizem-se não religiosos. Apenas é conhecida uma igreja cristã no Tajiquistão. A Bíblia está disponível em Tajik, mas as palavras são arcaicas e difíceis de entender. O filme JESUS em Tajik já foi ao ar na televisão nacional.. The Church Around the World 100.000ª Bíblia Enviada A Voz dos Mártires anunciou que apenas depois de 9 meses do seu ministério de Bíblia Solta, 0 100.000º Novo Testamento foi enviado a um homem no Egipto. Bíblia Solta permite que os cristãos do mundo livre enviem directamente Novos Testamentos das suas casas para uma pessoa de uma nação onde a distribuição de Bíblias seja ilegal ou restrita. Para mais informações visite http://www.biblesunbound.com. A Voz dos Mártires Ataques a Cristãos na Índia Extremistas hindus ameaçaram quatro mulheres cristãs acusadas de conversões forçadas em Tamil Nadu. As mulheres tinham mostrado um filme cristão a 150 pessoas sem incidentes, mas líderes locais hindus disseram que muitos tinham sido coagidos a assistirem ao filme. Dois padres de uma escola católica também foram atacados. The Church Around the World Produtos Doados Ajudam a Combater a Pobreza O departamento da Visão Mundial de ofertas específicas envia anualmente o equivalente a $278 milhões de dólares em produtos para os lugares mais pobres do mundo. Remédios, um guarda-roupa novo, uma cadeira de rodas nova – são tipos de produtos que foram doados por negócios e depois dados a pessoas necessitadas. A Visão Mundial não aceita pequenas quantidades dadas por indivíduos, mas dá oportunidade às pessoas de se envolverem no custo do envio. Existe uma equipa de 30 especialistas nos EUA para procurar e distribuir os itens. Eles trabalham de perto com o pessoal do campo nos países recipientes para que se certifiquem que os produtos irão ao encontro das suas necessidades. Notícias da Visão Mundial–Inverno 2006 Visão Global é uma publicação de Missões Nazarenas Internacionais e pode também ser encontrada em: www.nazarenemissions.org/globalglimpses
video

Igreja Perseguida




Perseguição x oração livre




IGREJA PERSEGUIDA






Uma análise da perseguição ao redor do mundo, Em pleno fim de século XX, houve verdadeiros massacres em nome da fé na Indonésia e Nigéria. Mas há muitos outros contextos em que milhares de pessoas têm seus direitos violados e são impedidas, totalmente ou em parte, de praticar sua escolha religiosa com liberdade. 50 Países com perseguição da igreja, Alguns são perseguidos, torturados e mortos. Outros vivem em constante pressão do governo, da sociedade, da família. São pessoas obrigadas a superar seus limites para continuar vivas, para trabalhar ou ter acesso à escola, para realizar seus cultos sem impedimentos, exercer sua fé sem preocupar-se com a polícia. Lugares onde a fé tem seu mais alto custo Mais de 200 milhões de cristãos enfrentam intensa perseguição neste momento. Mais de 250 milhões sofrem alguma forma de discriminação, sendo os governos comunistas e alguns regimes islâmicos os responsáveis mais destacados. O problema está espalhando-se pelo mundo rapidamente.






O aumento da perseguição é um sinal para os cristãos ficarem em alerta ao chamado de Deus para a Igreja e para cada um de nós. Estatísticas básicas sobre religião no mundo, De cada 100 pessoas...19 são muçulmanos (o islamismo é a religião que cresce mais rápido)18 não têm religião ou são ateus 17 são católicos17 são cristãos não-católicos (ortodoxos, anglicanos, protestantes, evangélicos, pentecostais)14 são hindus6 são budistas, Perseguição contra cristãos 1 em cada 3 cristãos sofre perseguição1 em cada 10 pessoas é um cristão perseguido.






A perseguição em regiões diferentes da África, Há esperança em meio a uma fome devastadora, miséria terrível, conflitos militares e perseguição na Á frica. Essa esperança surge porque talvez esteja acontecendo lá o maior crescimento do cristianismo de que se tem notícia! Portas Abertas está envolvida no treinamento de alguns dos futuros líderes cristãos da África e está dando-lhes as ferramentas que precisam para levar o seu continente a Cristo. Também queremos ter certeza de que esses novos cristãos têm as Bíblias e outras literaturas cristãs de que precisam para crescer na fé e pregar a Palavra de Deus! Ásia Mais de 55% da população do mundo vivem na Ásia. Durante anos, há perseguição e o martírio de cristãos nessa região. Apesar disso, a Ásia está passando por um incrível crescimento espiritual. Que grande testemunho do poder da Palavra de Deus! Portas Abertas provê Bíblias e literatura para a Ásia, sempre tendo como alvo as igrejas domésticas clandestinas da China. Também damos cursos de treinamento extensivo para os líderes da Igreja para equipá-los com um completo conhecimento da Palavra.






América Latina, Ao contrário do que mostram os roteiros de viagem, há mais na América Latina do que sol, areia, águas mornas e gente boa. Os cristãos de Cuba, Colômbia, México e do Peru sofrem entre revolucionários, barões da droga e extremistas religiosos. É por isso que Portas Abertas estabeleceu a Rede Ágape. São pequenas equipes que dão aulas de treinamento, realizam reuniões evangelísticas e organizam centros locais para produzir literatura cristã.






Mundo "Muçulmano" O Oriente Médio é o berço da Igreja Cristã, ainda que, em algumas regiões, a Igreja quase tenha sido eliminada sob a pressão muçulmana. A principal prioridade de Portas Abertas no Mundo Muçulmano é treinar uma nova geração de líderes cristãos para fortalecer a Igreja. Estamos também tentando garantir que todos os que queiram um exemplar da Palavra de Deus possam ter uma Bíblia.






COMO AFRICA ESTÁ . CRESCER E LUTAR PARA CRESCER.






As Assembléias de África de Alliance de Deus (AAGA) teve a intenção de batizar 10 milhões de crentes dentro de um período de 10-ano, relatórios a agência de notícias da denominação. AG os líderes africanos se cometeram para o “Década de Pentecostes” a um AAGA que se encontra em Johannesburg, África do Sul, mais cedo este mês que acontece todo quatro anos uma vez. Iniciativas encabeçando durante a Década de Pentecostes serão Atos na África, um ministério apontou a revivificação de Pentecostal encorajador nas Assembléias de Deus na África. Durante a Década de Pentecostes que começará em 2010 e continuará por 2020, Assembléias nacionais de Deus igrejas mobilizarão para missões globais com a visão de alcançar “contudo-para-ser-alcançou” peoples na África e o mundo com o Evangelho, de acordo com Notícias de AG. As estratégias de AAGA por alcançar sua meta incluem um Dia de Pentecostes anual quando serão desafiados aproximadamente 48,000 pastores de AG para orar no “batismo no Espírito Santo e a missão de Deus” e reza com crentes ser enchido do Espírito Santo. Há aproximadamente 16 milhões de sócios de AG que se encontram em mais de 50,000 igrejas em 50 países na substituto-Saara África e a Bacia de Oceano Índico, de acordo com a denominação. Em 1990, havia só 2.1 milhões de componentes e 12,000 igrejas. As Assembléias de Deus estão em algum lugar a denominação de Pentecostal maior do mundo com entre 57 a 60 milhões de partidários. Três décadas atrás, o total combinado de Pentecostals e Charismatics era menos que 5 por centavo, agora eles compõem uns 17 por centavo da população de África, ou aproximadamente 147 milhões de pessoas, de acordo com um 2006 Pew Foro estudo que realçou o crescimento dramático do movimento dentro de meio um século. A expansão dramática de " Pentecostalismo deixou quase nenhuma parte de África substituto-saariana não afetado, " declarou o Foro de Pew. " Se igrejas de Pentecostal continuarem crescendo em números e ativismo, o impacto político de longo alcance da comunidade de Pentecostal vibrante de África ficará crescentemente difícil ignorar.” O Pew Foro relatório em Pentecostalismo na África era um de três partes que também examinaram o crescimento do movimento na Ásia e América Latina. Uma pouca fé trará sua alma a céu, mas muita fé trará céu a sua alma.






REINO UNIDO






Dia de oração para Estado da Nação!






“Seu Reino vem, Seu testamento seja feito” era a oração de centenas de cristãos que juntaram em uma igreja de Londres central no sábado clamar para Deus em cima da crise moral e espiritual no REINO UNIDO. O Estado da Nação que também junta focalizou em arrependimento em cima do silêncio da igreja em face a legislação imoral ignorada as décadas, particularmente nas áreas da criança por nascer e matrimônio. Todas as denominações de corrente principal foram representadas a sábado está juntando ao Centro de Emmanuel, se aproxime as Casas de Parlamento. Também aconteceram ajuntamentos de oração em Birmingham, Manchester e Edinburgh e em países ao redor do mundo, inclusive o EUA, Alemanha e Austrália, em uma expressão de solidariedade com a reunião de Londres. O dia de oração e arrependimento era seguindo organizado uma reunião na Casa de Deuses passado de dezembro de uns 80 cristãos da igreja, as Casas de Parlamento, e o negócio e setores de educação. A reunião focalizou nas implicações morais e espirituais da crise financeira e concluiu com uma chamada para uma estação de oração e jejuando para o REINO UNIDO. David Noakes, um sócio do Estado da Nação que facilita grupo, disse o oração se encontrando era possivelmente o ajuntamento mais importante desde Segunda Guerra Mundial. “Só então era uma nação. Agora é umas pessoas de sobra. Mas não seja espantado que é uma sobra,” ele disse, enquanto apontando à batalha ganharam pelo Deus com os 300 guerreiros de Gideon. Mr Noakes repreendeu a igreja por não falando contra legislação descrente e urgiu não balançar a igreja por justeza político. “Deus não está politicamente correto mas biblically corrigem,” ele disse, enquanto somando que a igreja precisou expulsar o pecado dentro de seus próprios graus e voltar a um medo do Deus. Mr Noakes terminou com uma nota de encorajamento, enquanto dizendo que Deus não tinha se esquecido de cristãos na Inglaterra por causa da história especial do país e que o desespero tirou pela crise financeira incitaria mais pessoas para virar a Deus. “Há muitas pessoas em grande desespero porque o sistema mundial inteiro está descendo ao redor deles. Deus tirará muitas pessoas na luz de salvação daquela escuridão e eles voltarão novamente a um medo do Deus.”





DEPARTAMENTO DE MISSÕES MUNDIAL







video

Familia pastoral

Familia pastoral
Pr.Fernando Dionisio,Pra.joana Dark,Ramon, Rubém,Sillas

SEJÁ BEM VINDO

Arquivo do blog

Pesquisar este blog

MSN

RADIO EM ADORAÇÃO